16/09/2013 - 11:32
POLÍCIA JUDICIÁRIA CIVIL
Dois assaltantes de banco são mortos em confronto e um é preso em Vila Rica (Atualizada)

 
Assessoria/PJC-MT
 
Dois assaltantes de banco foram mortos em confronto com o Batalhão de Operações Especiais (Bope) da Polícia Militar e um foi preso por policiais civis da Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO), Gerência de Operações Especiais (GOE) e policiais do município de Vila Rica (1.259 km a Nordeste), na manhã desta segunda-feira (16.09), durante as buscas a quadrilha que no dia 9 de setembro assaltou três agências bancárias e o prédio dos Correios, na cidade.
 
Arma apreendida com os assaltantes de bancos. 
O confronto ocorreu em uma região de mata, na divisa de Mato Grosso com o estado Pará, localidade onde também foi preso Bruno da Silva Aguiar, oriundo do Pará. O delegado de Vila Rica,  Michael Mendes Paes, disse que não houve interrupção nas buscas e por isso irá  autuar em flagrante o assaltante preso nos crimes de roubo qualificado com uso de arma de fogo de uso restrito, concurso de pessoas e organização criminosa.
 
Os dois criminosos mortos foram identifcados como Antônio de Oliveira, 47 anos e Cássio Almeida de Souza, 28 anos.  As indentidades ainda estão sendo checada pelos policiais do GCCO. Segundo os policiais a Antônio de Oliveira é na verdade Antônio Moura, líder de uma quadrilha de roubos a bancos que atua na estado do Pará.
 
Um fuzil AK 47, calibre 7,62mm e uma pistola ponto 40, cinco carregadores e munições foram apreendidas com os assaltantes mortos. Com eles também foram recuperados R$ 15,6 mil, em dinheiro.
 
De acordo com o delegado do GCCO, Flávio Henrique Stringueta, a Polícia Civil concentrou o trabalho de monitoramento de inteligência e informações ajudaram na prisão e identificação da região onde a quadrilha tentava se refugiar. “Tudo indica que essa quadrilha seja oriunda do Pará. O trabalho de campo continuará”, destaca.
 
Atualizaçao em 16.09.2013 às 12h16 e às 17h00.
 

 
Índice de Notícia