Notícias

POLÍCIA JUDICIÁRIA CIVIL

População pode registrar Boletins de Ocorrências nas Bases Comunitárias

24/09/2012 - 10:32
Assessoria/PJC-MT
Quatorze das dezessete Bases Comunitárias de Segurança de Cuiabá e Várzea Grande contam com a presença de policial civil para confecção de boletins de ocorrências e atendimento aos moradores com ações de polícia comunitária. O oferecimento do serviço nas unidades pela Polícia Judiciária Civil é uma forma de melhorar o acesso da população ao registro do boletim de ocorrência, diminuindo a distância e filas nas delegacias de polícia.
Nas Bases Comunitárias, a Polícia Civil disponibilizou um policial civil para o serviço de confecção de boletins, orientação e esclarecimentos aos moradores das localidades. Ao todo quatorze bairros, sendo onze em Cuiabá e três no município de Várzea Grande, contam a presença da Polícia Judiciária Civil, através dos escrivães e investigadores de polícia.
Conforme o delegado geral da Polícia Judiciária Civil, Anderson Garcia, uma das metas da Instituição é melhorar o atendimento à população num dos principais serviços oferecidos ao cidadão, o boletim de ocorrência, por ser o primeiro acolhimento da vítima na unidade policial. Garcia informou ainda que a Polícia Civil está finalizando a análise do lotacionograma de todas as delegacias e setores administrativos para remanejar e readequar o efetivo das unidades, incluindo as Bases Comunitárias, e assim oferecer um serviço de qualidade as pessoas que necessitam do trabalho de polícia.
Para fazer comunicação de queixa crime, além das delegacias de polícia, a população também pode comparecer nas unidades da Polícia Comunitária, que estão instaladas em Cuiabá: bairro da Lixeira, Pedregal, Boa Esperança, Moinho, Pedra 90, São João Del Rey, Jardim Vitória, Ribeirão do Lipa, Araés, Beira Rio e Santa Isabel, estando esta última em fase final de implantação.
Já na cidade de Várzea Grande, as Bases Comunitárias que atendem a região e realizam confecção de boletim de ocorrência, estão localizadas nos bairros: Cristo Rei, São Mateus e Parque do Lago, inaugurada recentemente. Em todas as Bases o horário de atendimento para o registro é de segunda a sexta-feira, das 08 às 12 horas e das 14 às 18 horas.
Conforme a coordenadora da Polícia Comunitária da PJC, delegada Sílvia Virginia Biagi Ferrari, mais três bairros serão contemplados com a presença de policiais civis. Em Cuiabá será o Planalto e Três Barras, e em Várzea Grande Jardim Imperial. “O alvo deste modelo de gestão é o envolvimento entre polícia e as pessoas que vivem na comunidade”, destaca “Para que os órgãos atuantes da segurança pública integrada possam estreitar as relações com a população, com o objetivo principal de diminuir a criminalidade”, completa a  coordenadora.
Somente no primeiro semestre (janeiro a julho) deste ano, foram registrados 4.742 boletins de ocorrências nas Bases Comunitárias. No período de março a dezembro de 2011, a Bases confeccionaram 4.147 ocorrências. Todos os BO’s, depois de inseridos no sistema são encaminhados às delegacias de polícia especializadas, de acordo com cada caso, que recebe as informações dando continuidade ao procedimento policial.
 Delegacia Virtual
 
A Delegacia Virtual (www.delegaciavirtual.mt.gov.br) é outro canal da Polícia Judiciária Civil para registro de boletins de ocorrências de furtos simples sem violação do bem, perdas e/ou extravios documentos de materiais específicos como eletrônicos, animais, eletrodomésticos, itens de veículos e outros. O cidadão também pode fazer denúncias, comunicar desaparecimento de pessoas, localização de pessoas e consultar lista de pessoas desaparecidas. O registro pode ser feito a qualquer momento, horário, no ambiente de trabalho ou em casa, utilizando um computador com internet.
 
Pelo site www.delegaciavirtual.mt.gov.br, o cidadão economiza tempo e não precisa  comparecer ao uma delegacia de polícia física e aguardar atendimento presencial.
A PJC também está no Facebook, Flickr e Instagram. Siga-nos!

Assessoria de Comunicação Social
www.pjc.mt.gov.br
asscom@pjc.mt.gov.br
(65) 3613-5673

Compartilhe essa notícia