29/11/2011 - 17:24
POLÍCIA JUDICIÁRIA CIVIL
Operação prende três acusados de vários crimes em Sapezal

Assessoria/PJC-MT
 
A Delegacia Municipal de Sapezal (480 km a noroeste), da Polícia Judiciária Civil, desencadeou no final de semana (26.11), a operação “Acisa”, para combater crimes na cidade. Foram presos Alessandro de Moura, 25, Aguinaldo José do Nascimento, 34, e Edenilson Antunes, 35. Eles irão responder por diversos crimes.
 
Alessandro de Moura, conhecido por “Tanaka”, é acusado de ser o autor de vários roubos ocorridos nos últimos dias no município. Os investigadores identificaram o suspeito após informações e reconhecimento das vítimas. Com a prisão preventiva decretada pelo Juízo da Comarca, Tanaka foi localizado pelos policiais civis em um quarto de uma República. No momento da prisão ele fazia uso de drogas.
 
O preso Alessandro tem passagens por tráfico de drogas, homicídio e furto. Agora irá responder pelo crime de roubo e ficará sob a custódia do Sistema Prisional, à disposição da Justiça.

O outro preso, Aguinaldo José do Nascimento, é natural de Várzea Grande e foi autuado em flagrante por furto e uso de documento falso. Ele estava na cidade há dois dias e furtou uma caminhonete Hilux de uma dentista. Após o crime, os policiais civis foram acionados e com apoio da Polícia Rodoviária Federal (PRF) saíram em perseguição. O veiculo foi abandonado na saída da cidade.
 
As diligências apuraram que Aguinaldo estava hospedado em um hotel de Sapezal e fugiu em um taxi, mas acabou sendo preso no município de Campos de Júlio. Com ele foi apreendido uma quantia de R$ 15 mil. O preso tem quatro passagens criminais por furto e já cumpriu pena de um ano na Penitenciária Central do Estado.
 
O terceiro preso, Edenilson Antunes, estava com dois mandados de prisão em aberto, sendo um expedido pela Comarca de cidade de Espigão D'Oeste, Estado de Rondônia, de estupro e outro expedido pela Justiça da cidade de Cacoal, também em Rondônia, pelo crime de tráfico de influência, tipificado no artigo 332 do Código Penal.
 
Na delegacia, Edenilson apresentou uma Carteira Nacional de Habilitação (CNH) falsa e confessou que comprou o documento em Porto Velho pelo valor de R$ 400 reais. 
 
Para a delegacia Cinthia Gomes da Rocha Cupido, a equipe da Polícia Judiciária Civil de Sapezal está se empenhando para combater os crimes na cidade. “A operação recebeu o nome de ‘Acisa’ em decorrência dos diversos roubos acontecidos no comércio em Sapezal”, destaca.

 
Índice de Notícia