Notícias

POLÍCIA COMUNITÁRIA

Cerca de 400 moradores são beneficiados com serviços sociais no mutirão no bairro 24 de Dezembro

19/11/2011 - 09:10
RAFAELLY ESCOBAR
Assessoria/PJC-MT
 
A Base comunitária do Bairro São Matheus, em Várzea Grande, promoveu nesta sexta-feira (18.11), na Escola Municipal Líbia da Costa Rondon, no bairro 24 de Dezembro, o último mutirão comunitário do ano de 2011. Neste ano, a ação social  realizou mais de 1,5 mil atendimentos aos moradores de vários bairros de Cuiabá e Várzea Grande.
 
Moradores fazem fila para para receberem serviços sociais no mutirão da Base do São Mateus.
O evento atendeu 372  pessoas com vários serviços de cidadania como: confecção de 2ª via de documentos pessoais (RG e CPF), emissão de certidão de nascimento (1ª e 2ª via), emissão de carteiras de trabalho e previdência social, registro de boletim de ocorrência, corte de cabelo, orientações e palestras sobre drogas.
 
De acordo com a moradora Flávia Michelly dos Santos, os mutirões além de tirar dúvidas, ajudam muito às pessoas que necessitam dos serviços de cidadania. “Esses mutirões ajudam muito a gente que não tem condições de pagar pelos serviços. Eu mesma estava com dúvida de como fazer para tirar 2ª via dos meus documentos que sumiram. Aqui consegui dar entrada na 2ª via para regularizar a minha vida”, disse.
 
Segundo o conciliador da Justiça Comunitária, Paulo Dias da Silva, participar das ações sociais, faz com que a Justiça Comunitária esteja mais próxima dos que realmente precisa de orientações e esclarecimentos. “A Justiça Comunitária serve como um apaziguador entre as pessoas, além de ajudar a reduzir os números de processos judiciais. Através da conciliação e mediação de conflitos, orientamos as pessoas a como procurar os pelos seus direitos. E o melhor de tudo, é que atendemos essas pessoas na sua própria comunidade e sem nenhum ônus”, ressaltou Silva.
 
Com espírito comunitário, o investigador Antonio Carlos, da Base Comunitária do bairro São Matheus, salientou que é
Confeção de documentos durante o mutirão
um prazer ajudar pessoas que necessitam de ajuda. “O objetivo desses mutirões é levar mais informações às comunidades menos esclarecidas, além de trazer essas pessoas para junto da polícia. Justamente para que eles possam ter mais confiança e ver a polícia com outros olhos. Olhos de quem faz alguma coisa pela comunidade”, frisou Antonio Carlos.
 
Esse foi o quinto e último mutirão comunitário promovido pela Base Comunitária do São Matheus, neste ano de 2011.
 
Participaram das ações comunitárias coordenador de Polícia Comunitária da Secretaria de Segurança Pública, coronel Jonas Duarte de Araujo, os investigadores da Polícia Civil, Antonio Carlos, da Base Comunitária do bairro São Mateus, Janeti Lima, da Base Comunitária do Cristo Rei e Carlos Attilio, da Base Comunitária do bairro Ribeirão do Lipa, o presidente do bairro 24 de Dezembro, Valdemar Silveira de Aguiar, e os parceiros, entre eles Instituto Colônia do Bem (Icebem), Politec, Justiça Comunitária, Defensoria Pública do município de Várzea Grande e Tribunal Regional do Trabalho.
 
 

 

A PJC também está no Facebook, Flickr e Instagram. Siga-nos!

Assessoria de Comunicação Social
www.pjc.mt.gov.br
asscom@pjc.mt.gov.br
(65) 3613-5673

Compartilhe essa notícia