Notícias

POLÍCIA DE PROXIMIDADE

Polícia Civil implanta Coordenadoria de Polícia Comunitária

12/03/2011 - 09:03
RAFAELLY ESCOBAR
Assessoria/PJC-MT
 
Para fortalecer as ações de polícia comunitária, a Polícia Judiciária Civil criou na sua estrutura organizacional a Coordenadoria da Polícia Comunitária para atuar na Grande Cuiabá e no interior, na prevenção ao crime e mais próxima ao cidadão.
Projeto 4 Estações: Atendimento aos moradores pela Base Comunitária do Jardim Vitória.
 
Conforme a Lei Complementar 407/2010, a Coordenadoria, responsável por duas Gerências (capital e interior), tem a missão de promover ações que integrem a comunidade e a Polícia Civil, dentre outras, discutir junto as entidades organizadas políticas de segurança publica e promover a interação dos policiais junto as comunidades visando a melhoria das atividades desenvolvidas nas bases comunitárias.
 
Para o delegado geral da Polícia Civil, Paulo Rubens Vilela, a criação da Coordenadoria representa um grande avanço institucional, já que a prevenção à criminalidade é o melhor caminho para redução das ocorrências policiais. “A eficiência do trabalho da polícia está intimamente ligada ao bom relacionamento entre o cidadão e o policial. Essa coordenaria vai buscar meios de interação e resolução dos problemas locais na demanda da polícia judiciária”, disse.
 
Para o coordenador de Polícia Comunitária da PJC, delegado José Abdias Dantas, o policiamento comunitário é uma exigência da própria sociedade. “Essa pasta foi criada porque a sociedade brasileira e mato-grossense tem exigido um trabalho diferenciado”, analisa.
 
De acordo com o delegado, o trabalho de polícia comunitária, conforme pesquisa da Secretaria Estadual de Segurança Pública, é visto como o mais eficiente em relação a satisfação das pessoas com o serviço policial prestado. “A Diretoria da Polícia Civil tem cobrado a participação ativa dos policiais nas bases comunitárias e foi além, ao regulamentar essa atividade no seu Estatuto”, disse Abdias.
 
O delegado informou ainda que a nova coordenadoria possui atribuições definidas, que serão desenvolvidas com a participação de todos os colaboradores que prestam serviços dentro da PJC. As estratégias de atuação serão apresentadas durante reunião no dia 16 de março, na Academia da Polícia Judiciária Civil (Acadepol).
 
“O plano de trabalho foi elaborado dentro da filosofia da Polícia Comunitária, do  policiamento diferenciado, mais próximo do cidadão”, disse. “As estratégias têm caráter preferencialmente preventivo, visando não apenas reduzir o número de crimes, mas também diminuir o dano da vítima e da comunidade, através da parceria entre a população e as instituições de segurança pública”, completa Abdias.
 
Conforme o delegado, a unidade também vai atuar em pontos estratégicos dentro do Plano de Ações de Segurança (PAS), da Secretaria de Estado de Segurança Pública e da Coordenadoria da Polícia Comunitária da SESP. “Esses pontos estratégicos serão discutidos através de planejamento para maior interação na resolução dos problemas das comunidades. Porém, os trabalhos serão desenvolvidos dentro das possibilidades da Polícia Civil, otimizando os recursos humanos e físicos para alcançar resultados positivos”, finaliza. 

A Coordenadoria está instalada na Rua Diogo Santana, no bairro Bandeirantes, em Cuiabá. 

A PJC também está no Facebook, Flickr e Instagram. Siga-nos!

Assessoria de Comunicação Social
www.pjc.mt.gov.br
asscom@pjc.mt.gov.br
(65) 3613-5673

Compartilhe essa notícia