12/05/2009 - 10:24
SEGURANÇA PÚBLICA
Novo concurso irá contemplar todas as instituições da Segurança Pública

RAQUEL TEIXEIRA
Assessoria/Sejusp-MT

 

Edson Rodrigues/Secom-MT
Governador Blairo Maggi lança programa Segurança Cidadã
Ciente da necessidade de investir em capital humano para assegurar melhores condições de trabalho na segurança pública, o Governo do Estado autorizou a realização de um dos maiores concursos públicos para a área nos últimos anos. Mais de 2.900 vagas para atender o quadro operacional da Polícia Judiciária Civil, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Sistema Prisional e Socioeducativo e Perícia Oficial e Identificação Técnica foram anunciadas nesta segunda-feira (11.05), pelo governador Blairo Maggi no lançamento do programa Segurança Cidadã, um esforço concentrado para melhorar e ampliar a infra-estrutura da segurança pública mato-grossense.

Com reforço no efetivo da segurança pública, o Estado quer aprimorar o capital humano promovendo mais qualificação e ampliando os quadros da segurança pública em todos os setores que a compõem. Maggi frisou que uma das prioridades é fazer com que cada um dos municípios mato-grossenses tenha ao menos um delegado da Polícia Civil, cuja função terá 60 vagas para este próximo concurso. ”O esforço no aumento da arrecadação estadual deu ao Governo do Estado as condições necessárias para abertura de um novo concurso que atenda todas as instituições da Segurança e para que possamos com isso fortalecer essa área e nos darmos nenhum passo para trás no que já foi construído e desenvolvido em Mato Grosso”, assegurou o chefe do Executivo estadual.

Para suprir a demanda que há anos requer reposição de efetivo, o Sistema Prisional terá um concurso com 1.500 vagas destinadas à necessidade do corpo técnico tanto nas unidades prisionais quanto no sistema socioeducativo.

Na Perícia Oficial e Identificação Técnica serão ofertadas 80 vagas para as funções de perito e técnicos. São 60 vagas para peritos e 20 para a área técnica.

O Curso de Formação de Oficiais terá 20 vagas no próximo vestibular. O Corpo de Bombeiros terão nesse novo concurso 60 vagas para soldados. Na Polícia Militar serão mil vagas para inclusão de praças.

REFORÇO EM EFETIVO
 
Do concurso realizado no ano passado 480 novos soldados serão incorporados à instituição no final deste mês. Esses policiais vão reforçar o trabalho Bases Comunitárias de Segurança, que além do efetivo receberá também veículos (motos e carros) dentro do novo lote locado pela Secretaria de Justiça e Segurança Pública.

“O Governo Blairo Maggi fez e está fazendo grandes ações que indiretamente tem reflexo na redução dos índices de criminalidade, e é importante ressaltar que tudo o que é investido em moradia, educação, geração de empregos e melhorias sociais tem forte influência na segurança pública. O capital humano é com certeza o maior patrimônio da área e sabemos que um servidor motivado e qualificado faz a diferença em uma área estratégica como a segurança pública. Por isso, a inclusão de mais profissionais nos dá um diferencial na administração de demandas urgentes de pessoal e reforçar as unidades de segurança no Estado”, reforçou o secretário de Justiça e Segurança Pública, Diógenes Curado Filho.

Em Mato Grosso, a área da segurança pública estadual integra cinco diferentes instituições que vão do policiamento ostensivo e repressivo à perícia criminal e identificação civil – Polícia Militar, Polícia Judiciária Civil, Corpo de Bombeiros, Sistema Prisional e Politec.

Mato Grosso não tem apenas investido em Segurança Pública, mas também cumprido suas metas nesse setor. É, por exemplo, um dos cinco estados brasileiros que obtiveram os melhores índices de cumprimento do Sistema Único de Segurança Pública (SUSP), responsável por ações integradas entre governos estaduais e o governo federal. Essas ações envolvem reorganização institucional das polícias, atividades de valorização e formação profissional, implantação de mecanismos de prevenção ao crime e trabalho integrado com as instituições de segurança pública presentes no Estado.

Confira o quadro de vagas para os novos concursos da segurança pública:

* Polícia Militar – 1 mil vagas para soldados

* Curso de Formação de Oficiais – 20 vagas

* Polícia Judiciária Civil - 140 escrivães / 60 delegados / 60 investigadores

* POLITEC – 60 peritos / 20 técnicos

* Corpo de Bombeiros Militar – 60 vagas para soldados

* Sistema Prisional e Socioeducativo - 1.500 vagas para agentes e técnicos

TOTAL: 2.920

 
Índice de Notícia